Skip to content

Enxaqueca Tratamento e Diagnóstico

Enxaqueca – Tratamento e diagnóstico

Enxaqueca tratamento e diagnóstico. Como fazer ?

Enxaquecas são crises de dor de cabeça, de forte intensidade, geralmente unilaterais e latejantes, com duração que varia de quatro até 72 horas. Habitualmente, as crises são acompanhadas por náuseas e vômitos, intolerância à claridade, barulho e cheiros. Com freqüência variável, duram horas ou até dias e podem chegar a ser diárias ou quase diárias. Alterações visuais como visão embaçada, luzes coloridas ou perda parcial da visão, podem anteceder as crises de enxaqueca e duram cerca de 30 minutos.

Qualidade de vida

A enxaqueca é um dos principais fatores de comprometimento da qualidade de vida das pessoas. Elas afastam o indivíduo do convívio social, profissional e até familiar. Sabe-se, hoje, que os portadores de enxaqueca faltam ao serviço cerca de 12 dias a mais do que os não portadores da doença, com implicações de custo social para as fontes pagadoras.

A enxaqueca é frequente?

A doença acomete cerca de 18% das mulheres e de 6% dos homens. A maior incidência entre as mulheres se deve à influência hormonal, tendo seu início na puberdade e se estendendo, habitualmente, por toda vida fértil da mulher. A enxaqueca pode se manifestar em qualquer fase da vida.

O que causa a dor?

A enxaqueca tem várias causas. Entre elas estão os fatores genéticos, ambientais, hormonais e comportamentais. Na maioria das vezes, são causadas pela combinação de dois ou mais fatores. Dessa forma, é preciso a identificação correta para que seja administrado um tratamento adequado. Apenas os fatores hormonal, ambiental e comportamental são passíveis de mudança.
As crises podem ou não ter fatores desencadeantes como alterações do sono, alimentação, cheiros fortes, ciclo menstrual, exposição ao sol, esforço físico, bebida alcoólica e stress emocional. O tratamento é feito de forma individual para cada paciente.

Por que elas ocorrem?

Acredita-se, hoje, que as crises tenham início em áreas específicas do encéfalo (tronco cerebral). Iniciado este processo, espontaneamente ou por fatores externos, há envolvimento de vias nervosas e de algumas substâncias químicas (neurotransmissores) que, quando liberadas, provocam dor, configurando, então, uma crise com todos os seus sintomas.
Muito provavelmente, as enxaquecas têm componente genético de transmissão, pois não é raro encontrarmos famílias com mais de um indivíduo acometido pela doença. A enxaqueca não é uma doença estrutural do encéfalo, por essa razão, toda a investigação laboratorial e de neuro-imagem é normal. A enxaqueca é uma doença funcional.

Como elas são diagnosticadas?

Por ser uma doença funcional, a consulta detalhada é a parte mais importante para o diagnóstico correto.
A International Headache Society (IHS) publicou critérios diagnósticos para a enxaqueca. Por isso, a importância de se diferenciar uma enxaqueca de outras formas de cefaléia, que sejam sintomas de outras doenças, como as dores de cabeça que acompanham a meningite, os sangramentos cerebrais, os tumores cerebrais ou até mesmo as sinusites agudas. A pessoa mais indicada para realizar o diagnóstico correto é o médico neurologista, preferencialmente o cefaliatra (especialista em cefaléias).

Como se trata?

Existem duas formas de tratamento da enxaqueca: o tratamento da crise e o tratamento preventivo.
No tratamento agudo, são utilizados desde analgésicos comuns até drogas mais potentes, como os anti-inflamatórios e a utilização de medicamentos mais específicos como as ergotaminas e, mais recentemente, um grupo de drogas chamadas triptanas. O tratamento deverá ser sempre individualizado, de acordo com a intensidade da dor, sua duração e a invalidez que ela provoca nestas pessoas. Deve-se, sempre, respeitar as contra-indicações destes medicamentos.
O tratamento preventivo consiste na utilização de drogas que impeçam que o paciente tenha crises. São medicamentos de uso diário, prescritos por um determinado período. A medicação diminui a freqüência, intensidade e a duração das crises.

Alerta para abuso de analgésicos

É preciso alertar a população para o fato de que uma parcela considerável dos pacientes, em virtude de suas crises freqüentes, faz uso abusivo de medicamentos analgésicos, perpetuando suas crises e impedindo que elas sejam controladas ou eliminadas. Estes medicamentos tomados em demasia, também podem ser responsáveis, a médio prazo, por efeitos colaterais graves nos sistemas renal e hepático.
Enxaqueca tem tratamento eficaz. Ninguém é obrigado a conviver com a dor!

49 Comentarios
  1. Bárbara Leal permalink

    Boa tarde, Dr. Henrique

    Há uns 3 anos descobri que tenho enxaqueca. Faço uso de Naratriptana 2,5mg nas crises, mas, somente com ele não resolve nada! Acrescento analgésicos e antiinflamatórios, simultâneamente, e assim alivia um pouco, mas não cessa. Minhas crises têem duração de até 3 dias, tenho em média 4 crises/mês, e ainda sinto dores em dias isolados. Qual a melhor orientação que você pode me passar?

    Atenciosamente,
    Bárbara.

    Responder

  2. maria do rosario permalink

    dr.tenho muita enxaqueca,ja procurei um neorologista,mas elas continuam…se saio na rua quando esta calor,ela ataca,se fico menstruada tambem.estou com 40 anos,começou com 21anos estas dores horriveis.me recomenda algm medicamento preventivo?muito obrigada

    Responder

  3. Jackson permalink

    Olá doutor, eu queria saber qual o melhor remédio para enxaqueca cronica? minha namorada sofre isso desde pequena e ela já tomou vários remédios receitados pelos médicos, mais nada mudou, não passa a dor apesar de tomar varias vezes ao dia, único remédio que ajudou a passar a dor é o ENXAK receitado pelo farmacêutico, mais essa semana o remédio parou de ser fabricado, saiu do mercado aqui no estado de Minas Gerais, e agora ela precisa de outro remédio que seja igual ou melhor que possa ajudar, se puder me ajudar eu lhe agradeço muito. Obrigado doutor!

    Responder

  4. Dr.Henrique,

    Tenho 25 anos e sinti muitas dores de cabeça nos ultimos meses mais com dor do que sem dor, fui ao neuro e ele passou Amytril 10 mg mais não dei conta de tomar passei muito mal. Ele trocou para Torval 300 mg tive muitos efeitos colaterais. Gostaria de saber se tem outro remédio mais fraco mais sirva como preventivo? Pois todos os dois abaixou minhas plaquetas e a médica retirou.
    Hoje minha dor ta na nuca é normal?

    Responder

  5. naura maria lavinia permalink

    bom dia Doutor

    estou fazendo tratamento de enxaqueca com o velaxin de manhã e com o musculare e dorene a noite. Já eliminei alguns alimentos que notei que pioram a dor. Estou fazendo acupuntura e caminhada também e não melhora. Quais exames que devo fazer para ver se pode ser algum problema hormonal e se pode ser anticoncepcional? Minhas crises duram de 3 a 4 dias direto. obrigada

    Responder

  6. Eliete permalink

    Boa tarde,
    Dr.Henrique ,tenho muitas dores de cabeça forte latejante, que começa sempre na nuca e ai tenho dor ou lado direito ou lado esquerdo, ja não aguento mais, ja fiz varios tratamento, o ultimo e esse que estou tomando a mais de 10 meses o Amytil 25mg, tomo 75 mg de noite e 75 mg de manha e mesmo assim tenho muitas dores e tomo o tilenol dc ou injeção,
    tento fazer caminhada ou corrida para ter uma melhora e nada, não sei mais o que fazer, tenho muito medo, não tenho animo para fazer nada e nem sair, sinto que perdeu o encanto as coisas, me ajuda ,por favor.
    Grata

    Eliete

    Responder

  7. LUCINEIA MARIA DE FREITAS permalink

    DR HENRIQUE SINTO MUITAS DORES DE CABEÇA JA TIVE MUITAS CRISES FORTES JA FUI NO NEUROLOGISTA E ELE ME PASSOU UNS REMEDIOS QUE SAO:PROPANOLOL,NORTRIPTILINA E FLUNARIN TOMO DIARIAMENTE SENTI MELHORAS,TEM ALGUM OUTRO REMEDIO QUE EU POSSA TA TOMANDO PRA AJUDAR?

    Responder

  8. Alcione dos santos carvalho da hora permalink

    Doutor tenho 38 anos quase a minha vida toda sofro de dores fortes de cabeça já procurei ajuda médica e já me receitaram vários remédios e a ultima consulta receitaram para eu tomar dipirona 500mg, Ibuprofeno de 600mg e propanolol 40mg 2 c. 3 vzs por dia e não tem resultado estou sentindo nesse momento minha cabeça estala repuxando estou tonta com a cabeça rodando e estou com muita dor na nuca e meus braços e pernas estão tensos e a minha panturrilha esta doendo minha visão esta turva. Estou a ponto de tacar a minha cabeça na parede de tanta dor e sofrimento. Doutor sou muito agitada e um pouco nervosa e falo demais isso tudo influencia e eu me estresso com facilidade. Doutor eu prático karatê tem alguma contra indicação médica isso pode piorar ou ajuda a melhorar. Não encontro nenhum médico que me ajude. O Senhor pode me ajudar, eu te agradeço.

    Responder

  9. sempre tive crise de enxaqueca com vômitos. a quase 2 anos venho tendo muitas tonturas, visão embaçada,muita dor de cabeça. ano passado fiz uma tomografia computadorizada nao acusou nada. ja tem uns 3 meses que estou com tonturas, estou com dor de cabeça a 7 dias sem passar tomo analgésico mais nao passa . fui no neurologista ele me passou atenolol, mais estou amamentando posso tomar??

    Responder

  10. Alcione Alves Miranda permalink

    Tenho enxaqueca, fui ao médico e ele me passou cefaliv p eu tomar,só que esse remédio estava fazendo eu ficar pior,ficava com sono o dia todo,muitas náuseas não conseguia me concentrar em nada.Tomei ele durante duas semanas e parei,pois ficava muito ruim.Gostaria de saber se é normal me sentir assim,e se se com o tempo tomando esse medicamento isso pudesse passar. Obrigada

    Responder

  11. katia permalink

    Meu esposo tem enxaquequa ele toma topiramato, a noite toma propanolol e assert mas sempre esta tomando analgesicos pois sempre esta com dores. Enxaqueca tem cura? qual o melhor analgesico?

    Responder

  12. Mariana Alves permalink

    Dr. Henrique, bom dia!
    Tenho 19 anos e sofro de enxaqueca desde os 10 anos, ultimamente as dores estão mais frequentes e minha ultima crise durou 3 dias. Tomo Cefaliv desde os 15 anos e agora não tá funcionando mais, o que faço?

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Mariana, Uma vez feito o diagnóstico deve-se fazer o tratamento preventivo (para evitar que as crises aconteçam). Evite o abuso de analgésicos que somente piora a dor.
    Atenciosamente,

    Responder

  13. Izabel permalink

    Qual o melhor beta bloqueador e dose para prevenção de enxaqueca?

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Os beta-bloqueadores são drogas amplamente utilizadas na profilaxia da migrânea. Existem vários que são escolhidos de acordo com o perfil do paciente. Os fármacos dessa classe com eficácia no tratamento profilático da migrânea confirmada por estudos controlados com placebo (Classe I) são: propranolol, atenolol, nadolol, metoprolol e timolol. Os beta-bloqueadores com atividade simpática intrínseca (pindolol, alprenolol, oxprenolol e acebutolol) não se demonstraram eficazes.Atenciosamente

    Responder

  14. Graziela permalink

    Boa tarde,
    Tenho 28 anos e enxaqueca desde os 11 anos. Hoje faço tratamento preventivo com Amitriptilina e Depakote ER. Tenho tido bons resultados, porém também tenho fibromialgia e DTM. Existe algum outro tratamento mais barato, pois com todos esses problemas gasto muito dinheiro medicações.

    Responder

  15. Adriano Miranda permalink

    Doutor
    Bom dia

    Corri no domingo passado , e no 16 km joguei uma
    Água gelada na cabeça durante o percurso , dai me deu
    Uma congestão (dor no estômago ), depois da prova minha
    Cabeça fica doendo no lado esquerdo em cima dos olhos
    E nos dois olhos ficam uma sensação de dor na no fundo, mas bem leve
    Está assim há 5 dias, pode ser o que?
    Adriano

    Responder

  16. Boa tarde Doutor,estou com uma crise de enxaqueca já dura 3 semanas,já fui até em emergência tomar medicamento venoso e a dor e o enjôo não passam.tomo como controle da dor Pamelor 1omg e para dor naratriptana,sem sucesso.
    Não estou agüentando de tanta dor, não posso conviver com isso.
    Não posso achar isso normal.
    Você poderia me ajudar de imediato,só tenho uma consulta agendada para o dia 28/5.
    Aguardo e muito obrigada!

    Responder

  17. Elisangela permalink

    ola doutor tenho dores de cabeça desde a adolescencia hoje estou com 31 anos de idade e tenho dores de cabeça freguentes fico tomando dipirona neosaldina e até propranolol não sei mais o que fazer já fui em médicos e eles não fazem nada tem vez que sinto ansia de vomitos gostaria de saber quanto é sua consulta inicial e se tem cura esse meu problema obrigada doutor

    Responder

  18. arlete permalink

    sofro de enxaqueca faz vinte anos , gostaria de saber se a terapia magnetica pode ser uma alternativa para tratamento.

    Responder

  19. anonio carlos permalink

    existe alguma dieta q ajuda á alivia a dor durante a crise e pos para prevenir.

    Responder

  20. Thais permalink

    Bom Dia! Minha mãe possui crises de enxaqueca desde os 12 anos. Atualmente ela está com 67 anos e de um ano pra cá estas crises tornaram-se mais frequentes, ela está tendo várias por dia, mas são caracterizadas apenas pela prença da aura, ela não tem a dor de cabeça. Ela inicou um tratamento com o Topiramato e depois com Propanolol, e em ambos as crises aumentaram a frequencia ao invés de diminuir. O que o senhor me orienta a fazer? Existem outros tratamentos? Esta situação esta trazendo um grande estresse emocional para ela, que até entrou em um quadro depressivo, já que quando tem as crises, não consegue realizar suas atividades cotidianas. Obrigada

    Responder

  21. carlos permalink

    ola dr. tenho dores constantes , tomo naratriptana, mas as vezes a dor nao para , o que faço , tem outro medicamento mais eficaz? as dores sao unilaterais e fortes, como amenizar essa enaqueca? agradeço , obgd.

    Responder

  22. lucia permalink

    olá Dr. Henrique como vai gostaria de saber como faço para marcar uma consulta com vc ja que tenho enxaqueca a muitos anos ja nao suporto mais esta dor interminavel ja ouvi disser que nao tem cura sera???? me de sua opiniao obrigada

    Responder

  23. Lanna permalink

    Bom dia, estou sentido muita dor de cabeça, umas pontadas no lado direito da cabeça em cima das orelhas, nessa região. Fui ao neurologista e ele me pediu uma ressonância e um mapeamento cerebral. O que o sr pode me adiantar sobre meu caso? O que pode ser?? Obrigada!

    Responder

  24. Cláudia permalink

    olá Dr.
    Eu sofro com enxaquecas quase que sempre, e às vezes eu bato de leve na cabeça e sinto dor, acontece também quando eu balanço de leve a cabeça, isso sem estar em crise de enxaqueca. Fico um tanto preocupada, já que, para me livrar das crises, tomo muitos comprimidos, atualmente tenho tomado Naramig, e para passar a dor , tomo 4 comprimidos de uma só vez, fico com medo de causar algum problema para o fígado. As crises acontecem muito, devido à alimentação também, mas se for cortar tudo que me faz mal não vou poder comer quase nada! Por favor, gostaria de ter uma consulta para ser melhor avaliada.

    Responder

  25. cristina xarine permalink

    Dr.
    me chamo cristina e tenho 45 anos ,fui ao médico com dor no lado direito da cabeça.
    tomei cloridrato de ciclobenzaprina,azitromicina e cefaliv,pois o médico me mandou tirar radiografia e deu sinusite e enxaqueca….tem 7 dias tomei tudo certinho…mas ainda sinto umas fisgadas do lado direito e meu ouvido parece entupido,não aguento mais o que devo fazer me ajuda Dr,sou uma pessoa ativa faço academia ,corro na avenida todos os dias mas agora não… isso ta me atrapalhando.

    Responder

  26. Luciana permalink

    Boa tarde,

    Moro em Juiz de Fora, MG e já fiz várias tentativas de tratamento para enxaqueca sem obter resultados realmente satisfatórios. Minha enxaqueca acontece no período menstrual, podendo variar entre 24 a 72 horas, pode ser antes, durante ou ou no fim do ciclo. As dores são muito fortes e incapacitantes. Já usei Depakote, Triptanol, estou usando 100 mg de Topiramato, uso Naramig e Naproxeno em caso de crise. Quanto a alimentação uso leite sem lactose, evito alimentos “rotulados” como possíveis gatilho de dor, estou fazendo pilates e na medida do possível controlando o stresse, durmo bem e o contraceptivo oral de acordo com meu médico possui baixa dosagem hormonal (Qlaira). Bom então é isso. Gostaria de saber maiores informações sobre a aplicação a respeito do botox medicinal e sé recomendado no meu caso. Desde já agradeço pela atençao.

    Responder

  27. Claudimara permalink

    Fui no Neuro,ele avaliou meu filho”8 anos”,passou 3 tipos remedio”1 inclusive tarja preta” e todos deram reação como inchaço na boca..Tive que interromper ,e hoje esta cada vez pior,não sei mais o que fazer,dou sempre dipirona,mais não faz mais efeito,gostaria de saber se por ele ser muito agitado algum calmante ou chá natural poderia amenizar essa enxaqueca,me ajuda,por favor!Obrigada.
    Ele fez ressonancia,ja levei no oculista e graças a Deus,esta tudo ok!

    Responder

  28. rodrigo permalink

    tenho mts dores de inxaqueca com duração de meses é normal;tomei topiramato e não foi bão,fiz varios exames mas tudo ta normal o que fasso para mi livrar desta doença.

    Responder

  29. Elisabeth permalink

    Dr. Henrique, em sua opinião, o tratamento profilático com topiramato por mais de três anos, não retarda um pouco o cérebro das pessoas como eu , que sou enxaquecosa há mais de 40 anos? Grata.

    Responder

  30. katiacristinade macedo permalink

    eu sinto muita dor de cabeca ja passei ao medico e nao tenho nenhuma resposta toda semana tenho muita mas muita dor de cabeca me ajuda

    Responder

  31. Eugênia Alves permalink

    Olá doutor,
    Tenho 29 anos e tenho enxaqueca desde os 16, já fiz tratamento com vários neurologistas e também com vários medicamentos, mas nenhum médico até hoje conseguiu me dizer o que realmente melhora a dor em caso de crise, já que analgésico não resolve. Hoje faço uso contínuo de Imipramina 25mg que ajuda bastante a prevenir as crises, mas gostaria de saber o que é melhor no momento da dor, Ibuprofeno 600mg ou Profenid 500mg, já que tive indicação dos dois, ou eles fazem o mesmo efeito?

    Responder

  32. marta aparecida pereira permalink

    OLá Doutor!! estou tendo dores fortíssimas, fiz ressonância ,tá tudo normal! estou tratando enxaqueca, os remédios estão me fazendo mal(depakote, propanolol,naproxeno ,sumax e exodrin. faz 15 dias que estou tomando!! meu médico disse que é normal, e não trocou minha medicação!! por favor, tá certo isso?? Obrigada.

    Responder

  33. simone permalink

    boa tarde
    tenho enxaqueca e ja ouvi dizer que o fator genetico influencia na doença. gostaria de saber sobre enxaqueca em crianças. tenho uma filha de 9 anos que costuma reclamar de dores de cabeça, segudas de vomitos, sem explicaçao aparente e com frequencia irregular, mas geralmente em situaçoes de cansaço fisico ou estrese alem do normal.pode ser enxaqueca? pois esses dois fatores costumam desencandear as minhas crises.
    obrigada

    Responder

  34. Giseli permalink

    Sinto dores de cabeça latejantes, tontura e enjoos. Quando viajo sinto muito mal. Isso é enxaqueca?

    Responder

  35. ANA PAULA permalink

    DR.HENRIQUE.TENHO UMA FILHA DE 8 ANOS. ELA TEVE UMA CRISE DE ENXA QUECA NO DIA 26/04/2012. DE LA PARA CA A DOR NAO TEM IDO EMBORA, JA FICOU ATE INTERNADA FEZ VARIOS EXAMES NAO TEM NENHUMA COMPLICAÇAO,GRAÇAS A DEUS.LEVEI AO NEORO E ELE PASSOU P/ ELA FLUNARIZINA,QUE FEZ ELA PASSAR MUITO MAL,DEPOIS ELA TOMOU DEPAKOTE,CAUSOU ALERGIA NELA.SUBSTITUIU POR TEGRETOL CR 200. ESTA TOMANDO ELE JA A 3 DIAS,SENDO MEIO COMPRIMIDO A NOITE AO DEITAR. ESTOU JA ANSIOSA QUE ESTA DOR PASSE POIS ELA NEM VAI MAIS A ESCOLA .DOUTOR E NORMAL UMA PESSOA FICAR COM DOR DE CABEÇA + DE 1 MES.EU ANA PAULA SOU A MAE , TENHO ENXAQUECA MAIS NUNCA FIQUEI TANTO TEMPO COM DOR NA MINHA CABEÇA.DR. ME AJUDE , DR. A REBECA TEM REFLUXO. E JA FAZ TRATAMENTO COM A GASTRO DR.SIMONE DINIZ. DR. ELA ACORDA DE MADRUGADA E FALA QUE SUA CABEÇA ESTA DOENDO NO MEIO E ESTA DANDO FINCADA NA SUA NUCA PROX.AO PESCOÇO.DR. DEUS CONTINUE ILUMINANDO O SENHOR EA SUA EQUIPE PARA ESTA AJUDANDO PESSOAS A VIVEREM MELHOR .SEM DOR . GRATA ATENÇAO.

    Responder

  36. Paulo Roberto permalink

    Doutor,
    Tenho 48 anos. A exatamente um ano intensificou uma crise muito grande de uma dor de cabeça que não para. Não é uma dor que fica latejando, mas uma espécie parace inflamado acima dos olhos. Tem dia que estou muito bom, mas qualquer mudança do tempo já começo a sentir. Às vezes preciso fazer uma masagem acima dos olhos, na testa na ter um pouco de alívio. Isso já vai fazer um ano agora em junho. Tomo PAMELOR 10mg, à noite antes de dormir. Às vezes eu penso que está mais associada com a sinosite por causa da influencia em relação a mudança do tempo. Já fiz tomografia computadorizada, porém o resultado foi negativo em relação à uma gravidade do problema. Ouvir dizer que o PAMELOR causa dependencia. Mas fico com medo de parar de tomar e ter uma crise muito forte. Será que existe um outro tipo de exame que eu possa fazer, para uma diagnóstico mais preciso? Abraço Paulo

    Responder

  37. eliana permalink

    Dr.Henrique …tenho enxaqueca a anos…faço tratamento com pamelor e fluoxetina, mas mesmo assim vez por otra ela reaparece, então tomo 2 comprimidos de enxak por vez q me deixa enjoada ,boca amarga e tremedeiras. o q devo fazer????

    Responder

  38. JEOVANIA DEALMEIDA BARROS permalink

    SINTO MUITA DOR DE CABEÇA ,JA FUI NO NEUROLOGISTA E AINDA SINTO DOR ELE DISSE QUE É ENXAQUECA E TBEM POR CAUSA DO MEU ANTICONCEPCIONAL QUE NÃO FICO MENSTRUADA ,SERA QUE É POR ISSO?

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Jeovania,
    A enxaqueca tem inúmeras causas e dentre elas os hormônios. Com certeza há influência mas sempre prefiro tratar os pacientes com outras medidas antes. Estou à disposição.

    Responder

  39. janaina permalink

    Tenho 36 anos e sofro com esse problema de enxaqueca, tomava o medicamento digestil juntamente com um outro o qual não lembro o nome, prescrito pelo médico, poderia me informar?
    sei que um é para a dor e outro para náuseas e vômitos.
    Fiz tomografia computadorizada e segundo os médicos não deu problema algum.

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Janaína,
    Existem vários. Lembre-se que cada caso tem tratamento específico e que a prevenção é sempre o melhor remédio.
    Discuta com seu médico.
    Atenciosamente

    Responder

  40. Angélica permalink

    Doutor Henrique, boa tarde!
    Acabei de sair de uma crise de enxaqueca que durou mais de 48 horas. Comecei um tratamento com o neuro mas ainda não estou vendo resultados significativos. Ouvi falar sobre a acupuntura como fonte alternativa, além do tratamento. O que o senhor acha disso? Me sinto tão confusa, às vezes, que não sei nem o que pensar. Conto com sua ajuda, se possível.

    Obrigada.

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Angélica,
    A acupuntura pode ser benéfica mas geralmente associada com um tratamento oral eficaz que deve ser individualizado caso a caso. Os resultados dos tratamentos costumam ocorrer a partir do 14 dia.
    Atenciosamente,

    Responder

  41. estu com uma crise que dura de domingo a domingo e nao estaresolvendo tomar remedio,estava do lado direito e agora esta no esquerdo e quando respiro pelo nariz doi ainda mais muito estranho , sera normal issso?

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    João,
    Sempre que a dor foge das características usuais (como no seu caso) é aconselhável investigar. Procure seu médico. Atenciosamente,

    Responder

  42. Cibele caldeira permalink

    tenho quase 30 anos e tenho enxaqueca desde os 9 anos e tomo muito remédio para cefaleia,chegou um ponto que as dores são mais de um dia.Tem remédio

    Responder

    Dr. Henrique Carneiro Responder:

    Olá Cibele,
    Sempre há alguma alternativa. O importante é iniciar o prevenção o mais rápido possível e evitar o abuso de analgésicos.
    Estamos à disposição.

    Responder

Deixe uma mensagem

Note: XHTML is allowed. Your email address will never be published.

Subscribe to this comment feed via RSS